ARCAISMO

 

algas del aire, todo el espacio gira con ellas

Octavio Paz

recorre las veredas del exilio
se inunda de verdades absorbentes
rumbo al todo arbitrario
no es guía ni horizonte

no será

soplo milenario y atrapante
se atisba y late en parsimonia
conoce unos límites perfectos
y teme con cautela a mis bondades

brisa sanguinaria que mata y resucita
y te lava las ropas las chances los calores
que alguna vez tuviste victoriosa
y hoy mágicamente transitaba

este viento.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s