Enanitos

Hoy me atreví a pensarte

A creer que puede haber un mundo

Donde quepamos

Ambos/

Hoy me atreví a pasear sereno

Por este territorio

Socavado

País de enanitos que te cuidan/

Hoy me trasladé sin pudores

Para verte en el río

Marrón/

Hoy pude sentirte

Como una margarita deshojada/

 

Hoy comienza una nueva etapa

En mis Memorias.

Anúncios

6 comentários em “Enanitos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s