textos escondidos [2]

ella

ella hiere a sí misma

ella mastica sus jugos

ella masturba sus sombras

ella cliente de la memoria/

y yo

otoño a contramano.

Anúncios

4 comentários em “textos escondidos [2]

  1. Perdón! A veces la vida es tranquila y nada pasa, en otros momentos uno no tiene tiempo ni de respirar. Sin embargo, al leer tu post me di cuenta que tenía abandonado lo que me da un respiro en mis días y son mis blogs. Gracias por recordarmelo!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s